Professora é morta a facadas dentro de casa em Inhumas
News

Professora é morta a facadas dentro de casa em Inhumas

Polícia disse que Cleide Aparecida tinha 60 anos e foi morta por um jovem que invadiu a casa dela suspeito foi preso na manhã desta quarta-feira

A professora Cleide Aparecida dos Santos, de 60 anos, foi morta em Inhumas, na Região Metropolitana de Goiânia. Segundo a Polícia Militar (PM), o jovem suspeito do crime foi preso na manhã desta quarta-feira (24). A Polícia Civil (PC) descreveu que o rapaz estava encapuzado e invadiu a casa da vítima pela janela para cometer o crime.

A PC informou que, quando a professora percebeu a invasão, ela chamou seu filho, que foi ferido no braço. Em seguida, o autor teria fugido e pulado o muro. O crime aconteceu na madrugada desta quarta-feira (24).

O Corpo de Bombeiros foi acionado para socorrer a vítima, a encaminhou para uma unidade de saúde, mas ela não resistiu.

A coordenadora regional de educação de Inhumas, Thaís Monturil, contou que Cleide era servidora da rede estadual de educação. Thaís disse que trabalhou com Cleide e lamentou a morte da professora.

“Uma pessoa que colaborou muito com a educação e hoje trabalhava como professora de apoio. Recebemos a notícia e as escolas estão consternadas, a cidade está compadecida”, lamentou.

Em nota, a Secretaria de Estado da Educação de Goiás (Seduc) também lamentou a morte de Cleide e completou que ela dedicou 37 anos de sua vida à educação. O Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Goiás (Sintego) também emitiu um comunicado de pesar sobre o falecimento (veja notas completas abaixo).

Nota Seduc

A Secretaria de Estado da Educação de Goiás (Seduc) expressa suas condolências à família da professora Cleide Aparecida dos Santos, morta de forma brutal na madrugada desta quarta-feira (24), em Inhumas.

Cleide Aparecida tinha 60 anos e era servidora efetiva da rede estadual de ensino desde 1985, tendo dedicado 37 anos de sua vida à Educação goiana. Atualmente, atuava como profissional de apoio no Centro de Ensino em Período Integral (CEPI) Horácio Antônio de Paula, tendo um grande papel na formação dos alunos da Educação Especial

Manifestamos nossos sentimentos aos filhos, parentes e amigos de Cleide Aparecida e rogamos para que Deus ampare a todos neste momento de dor e tristeza!

Nota Sintego

É com imenso pesar que comunicamos o falecimento da professora Cleide Aparecida dos Santos, de 60 anos. Ela era Servidora da Rede Estadual de Educação, filiada ao Sintego, na cidade de Inhumas.

Neste momento de dor, o Sintego expressa suas condolências e os mais sinceros pêsames aos familiares, amigos e colegas.

Fonte G1

 

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *