Operação para resgatar jóias milionárias começou com pedido de Bolsonaro, aponta depoimento de braço-direito de ex-presidente à PF
News Política

Operação para resgatar jóias milionárias começou com pedido de Bolsonaro, aponta depoimento de braço-direito de ex-presidente à PF

A tentativa frustrada de recuperação, por parte do governo federal, de joias recebidas da Arábia Saudita que estavam retidas na alfândega no Aeroporto de Guarulhos (SP) começou com um pedido de Jair Bolsonaro (PL), de acordo com depoimento prestado à Polícia Federal (PF) por Mauro Cid, que era ajudante de ordens do ex-presidente na época.Segundo alegou Cid à PF, Bolsonaro informou a ele em meados de dezembro de 2022 sobre a existência de um presente retido pela Receita Federal e pediu que ele checasse se era possível regularizar os itens.

De acordo com Cid não houve ordem de recuperação do presente por parte do ex-presidente, mas sim uma solicitação.

Matéria do G1

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *